Date: 20 Fev 2019

Há espera das minutas do FED de hoje, os investidores encontraram conforto nos resultados da Walmart e na confirmação de Trump de que a data limite para ser alcançado um acordo para resolver o impasse da guerra comercial entre os EUA e a China é flexível, e que muito provavelmente a mesma será estendida, falando-se em 60 dias, evitando assim que mais tarifas alfandegárias entrem em vigor. A regressar de um fim de semana prolongado o sentimento do mercado na abertura era algo pessimista com os índices a averbarem perdas muito ligeiras, contudo rapidamente os bons resultados da gigante retalhista começaram a afastar as nuvens de incerteza, isto porque a empresa não só bateu as previsões de lucros e de receitas para o último trimestre de 2018, como reafirmou o outlook para o segundo trimestre, sendo que o facto que mais pesou para os investidores foi o facto da empresa ter crescido 43% nas vendas online, depois de nos últimos trimestres os analistas quase que terem atirado a toalha ao chão sobre a possibilidade da empresa crescer substancialmente no espaço virtual, na sombra da Amazon e na falta de uma estratégia eficaz para o segmento.

 

O segundo factor positivo foi como referi a quase certa manutenção das tréguas quanto a um agravamento do conflito da guerra comercial, com o retomar das negociações agora em Washington, sendo certo no entanto de que os progressos têm sido muito vagarosos e pouco contundentes. De realçar que no final da sessão o optimismo quase que desvaneceu por completo, após as declarações do presidente do New York Fed de que a redução do balanço do balanço do banco central iria continuar durante algum tempo. No Forex o U.S dólar cedeu -0.3% o que permitiu ao Euro um ganho de 0,3% para os $1.1347, no entanto a estrela do dia foi a libra inglesa que valorizou 1,1% para os $1.3064, devido à indicação de que a primeira ministra Theresa May iria ter hoje uma reunião “significativa” com o presidente da comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, com a probabilidade de um rascunho aprovado já amanhã, com vista à resolução do impasse no Brexit.

 

O gráfico de hoje é do CTT, o time-frame é Diário

Em dia de apresentação de resultados o cenário na análise técnica não é propriamente bullish com o activo dentro de um canal descendente

 

Marco Silva

 

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma negociação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade dessas informações. Qualquer material fornecido, não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável do desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução. Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por conta própria e risco.