Date: 09 Ago 2017

O dia não começou especialmente bem para os Bulls, com os investidores a optarem por recolher alguns dos lucros amealhados nos últimos dias, contudo ao longo da manhã o sentimento foi melhorando e à hora de almoço Wall Street já navegava ventos de novos máximos históricos com subidas interessantes, até que Trump falou aos jornalistas sobre as recentes ameaças por parte da Coreia do Norte e contrariamente ao que tem sido habitual, desta feita, talvez pelo vocabulário mais agressivo utilizado pelo presidente norte-americano, o mercado ficou bastante mais cauteloso quanto a uma possível intervenção militar dos EUA contra a Coreia do Norte, que Trump apelidou seria um “poder de fogo nunca antes visto pela humanidade”. Para agravar o receio, a NBC e o Washington Post referiram que de acordo com um oficial dos serviços de inteligência norte-americanos a Coreia do Norte já produziu uma arma nuclear que pode ser inserida num dos seus misseis.

Apenas retórica ou algo mais, os próximos tempos dirão, mas para já e em época de férias os investidores optaram por ficar nas linhas laterais e procuraram alguma protecção, o que fez aumentar o VIX, ou o índice do “medo” para o valor mais elevado de um mês, ainda assim “apenas” nos 11 e bastante longe do patamar dos 20, acima do qual é usualmente considerado território propício para uma correcção acentuada no curto prazo. No Forex o Yen beneficiou da procura de activos refúgio e empurrou o USD/JPY para os 110.315, já depois de Wall Street fechar, a noticia de que a Coreia do Norte está a considerar atingir com misseis o território norte-americano de Guam, fez reforçar o valor da moeda nipónica para baixo dos 110. Destaque ainda para a queda de 1,2% do Rand sul-africano para os 13.395 contra o U.S dólar, devido ao voto de retirada de confiança a que foi sujeito o presidente Jacob Zuma.
O gráfico de hoje é do USD/JPY, o time-frame é Diário

Após não ter atingido a parte superior do canal ascendente a vermelho, este par de moedas aproxima-se agora da linha inferior do novo canal lateral a verde, local onde poderá aparecer suporte para um rebound

Marco Silva