Análises de Mercado

Touros dão desconto em época de Black Friday

Depois das valorizações de terça-feira Wall Street regressou ao modo de cautela que tem dominado nos últimos dias, não obstante ganhos que levaram o Dow Jones para novos máximos históricos e a quebrar a barreira dos 30,000, o certo é que o sentimento está ainda muito condicionado devido às incertezas que rodeiam o curto e médio prazo, não apenas na questão de saúde, visto que o tema da logística da vacinação em massa ainda tem pouca visibilidade, dado as necessidades que comporta, mas igualmente no tópico dos auxílios à economia norte-americana, assim como à da União Europeia, com ambos os pacotes de estímulos presos por questões políticas e sem luz ao fundo do túnel quanto ao desbloqueio dos impasses, seja nos EUA onde nem sequer existe um plano para ser aprovado, ou na Europa, onde o projeto está delineado mas emperrado com o veto da Hungria e da Polónia devido a questões subjacentes ao desbloqueio dos fundos do orçamento “bazuka”.

No campo político nos EUA o panorama melhorou ligeiramente com o início da passagem oficial da presidência de Trump para Biden, estando agora o processo em modo normal apesar do ainda presidente não ter concedido a derrota nas eleições. Já do Fed as minutas relativas à última reunião trouxeram poucas novidades com os membros do Board a indicarem que em breve darão mais detalhes sobre o programa de compras de obrigações, mas sem grandes perspectivas para alterações do mesmo no curto-prazo. Na Europa a pandemia não dá tréguas indiferente à probabilidade de vacinas ou às medidas de confinamento, o que levou Angela Merkel a recomendar o encerramento das estâncias de ski neste inverno.

Com Wall Street encerrada hoje e a funcionar sexta-feira apenas até às 13h, não é de esperar grandes movimentações ficando a acção guardada para o rescaldo dos resultados da Black Friday e Cyber Monday, dois eventos que vão ser importantes para os investidores terem a percepção de como poderá ser a época mais relevante para os retalhistas e para o consumo privado, o principal motor da economia.

O gráfico de hoje é do Brent, o time-frame é semanal

Depois do teste bem sucedido à linha inferior do canal descendente, o Brent têm o caminho desempedido ao nível técnico, para um teste à linha superior do canal que se situa agora nos $63 por barril.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.
Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.
Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.
Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco.