Análises de Mercado

Touros atropelam pessimismo e Wall Street respira de alívio

Depois da pior semana dos últimos seis meses nos índices norte-americanos, os investidores entraram esta semana com outra disposição e bastante mais optimistas. É certo que a pressão compradora poderá ser meramente um momento de pausa dos Ursos, contudo o sentimento na sessão de segunda-feira beneficiou de factores positivos concretos, como os números da manufactura nos EUA, que pela primeira vez desde Julho voltou a evidenciar uma expansão saindo do buraco em que se encontrava com uma forte recuperação para os 50.9, depois de ter atingido um mínimo de quatro anos nos 47.8, um sinal de que a maior economia do mundo poderá vir a acelerar o passo do crescimento em ano de eleições presidenciais.

Outro ponto positivo para os Touros, foi o facto do Banco Central da China ter anunciado um corte nos juros e uma injecção de $22 biliões no sistema financeiro, dando assim uma indicação de como está resolvido a utilizar os meios ao seu alcance com vista a minorar os efeitos negativos do arrefecimento inevitável da segunda maior economia do mundo, devido à paragem de muitos negócios em consequência do alastramento da epidemia do coronavírus. Mas apesar do optimismo evidente que dominou ontem nem tudo foram rosas para todos os sectores, uma vez que as energéticas continuaram sobre pressão negativa, desvalorizando -1,34%, embora não tanto quanto perdeu o WTI crude, que cedeu -3% para os $49.99 por barril.

Do lado positivo destaque para as empresas ligadas aos materiais e as tecnológicas, que puxaram claramente pelo mercado ao averbar ganhos superiores a 1%, tendo as últimas ajudado igualmente o Nasdaq a registar o melhor comportamento dos três índices principais, com uma valorização de 1.34%, bem mais que os 0,51% do Dow Jones. Os activos refúgio foram pouco procurados o que levou o Yen e o Ouro para quedas de -0.3% e -0.4%, o que apesar de negativo não evidencia uma grande redução da protecção nos portefólios.

O gráfico de hoje é do S&P500, o time-frame é diário

O principal índice accionista efectuou uma recuperação perto da linha de suporte que está dentro do canal ascendente (azul)

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registo dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.

Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.

Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco.