Date: 18 Jan 2019

Num dia sem grande história a disrupção da estabilidade adveio da notícia que saiu no Wall Street Journal sobre a sugestão de Steven Mnuchin acerca da redução ou eliminação das tarifas alfandegárias impostas pelos EUA à China, pelo menos durante as negociações, com vista a dar um impulso às mesmas que irão ter o próximo desenvolvimento nos EUA no final deste mês, num encontro entre delegações dos dois países e em sequência das ocorridas há uns dias na China. Num dia em que o movimento foi algo constante e com tendência ascendente a reacção ao rumor foi bem notória como que de alivio, tendo em conta as consequências que a guerra comercial já está a ter na performance económica de ambos os países, particularmente no país asiático, com a redução das trocas comerciais nos dois últimos meses de 2018.

 

Contudo e tendo em conta o que foi conhecido pouco depois o rumor parece não ter passado disso mesmo, numa situação algo atípica para um órgão de comunicação social reputado como é o WSJ, isto porque um representante do Tesouro norte-americano refutou a notícia indicando que nem o secretário do Tesouro Mnuchin ou o embaixador Lighthizer sugeriram seja o que fosse a alguém, no que respeita às tarifas ou a qualquer outro ponto negocial, Lighthizer que segundo o rumor foi desde logo contra a ideia de Mnuchin pois daria uma indicação de fraqueza negocial. Desmentido que reverteu parte dos ganhos amealhados na reacção à notícia do WSJ. Sem grande surpresa os sectores que mais beneficiaram do rumor foram os industriais e dos materiais, obtendo valorizações na ordem dos 1,65%, visto estarem mais ligados às grandes exportadoras como Boeing e Catterpilar, cujos títulos valorizaram cerca de 2%.

 

No Forex nada de grandes movimentações com excepção da Libra inglesa que valorizou 0.7% para os $1.2980, com os investidores a terem mais confiança de que o desfecho da saga Brexit não será a de uma saída “dura”, ou seja descontrolada.

 

O gráfico de hoje é do USD/CAD, o time-frame é diário

 

Este par de moedas está agora a testar a linha inferior do canal ascendente, que tal como era expectável serviu de zona de suporte

 

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma negociação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade dessas informações. Qualquer material fornecido, não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável do desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução. Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por conta própria e risco.