Date: 03 Out 2018

A sessão de terça-feira foi em grande parte uma cópia da anterior, com as empresas industriais mais expostas ao comércio global a serem favorecidas, depois do acordo que substitui o NAFTA, em detrimento das small caps, que tinham tido um comportamento bem acima do Dow Jones até final do mês de Agosto, com uma valorização extra de 8%. Com efeito com a última onda de transferência de capital o índice industrial ultrapassou segunda-feira o seu congénere Russel 2000 nos ganhos desde o início do ano, atingindo pela segunda vez consecutiva novos máximos históricos. A destoar do dia anterior esteve o S&P500, que ontem não conseguiu melhor que uma perda, ainda que ligeira de -0.04%, em boa parte devido ao deslize de -1.65% nos títulos da Amazon, que contaminou boa parte dos retalhistas de produtos não essenciais, que acabaram por liderar nas perdas no S&P500, com uma queda de -1.43%, isto porque a segunda empresa mais valiosa de Wall Street anunciou um aumento do ordenado mínimo de todos os seus trabalhadores para os $15 por hora, bem acima dos $11 por hora que a Walmart pretende implementar.

 

Na Europa o dia foi de vermelho, não carregado, mas abrangente, com o ruído politico de Itália a fazer baixas nas praças do velho continente, depois do governo local ter programado um défice três vezes superior ao anteriormente previsto. Intenção que tem levado à queda das obrigações soberanas italianas, isto porque não obstante o deficit projectado ser inferior ao de França e ao máximo estabelecido pelas regras da União Europeia, o certo é que Itália tem a segunda dívida versus PIB mais elevada da Europa, logo a seguir à Grécia. Para agravar a situação os bancos locais, já de si a braços com montantes exorbitantes de crédito mal parado, têm hoje uma importante parte da dívida soberana italiana, ou seja ficam mais em risco. Adicionalmente não caiu bem no mercado a declaração de Claudio Borghi, importante responsável do parlamento Italiano, de que boa parte dos problemas do país se resolveriam caso Itália tivesse moeda própria. Também devido a isso o Euro voltou a ceder terreno, ontem -0.4% para os $1.1554, enquanto que a Libra inglesa se quedou por um recuo de -0.5% para os $1.298 devido ao impasse sobre o acordo com a U.E relativo ao Brexit.

O gráfico de hoje é do Russell 2000, o time-frame é Semanal

 

O índice das small caps poderá vir a testar nas próximas semanas a linha inferior do canal ascendente em que se encontra.

 

Marco Silva

 

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma negociação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade dessas informações. Qualquer material fornecido, não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável do desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução. Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por conta própria e risco.