Date: 28 Set 2018

Como referi na análise de ontem era provável que a dualidade de indicações dadas pelo FED tivesse resultado numa reacção brusca nas últimas horas da sessão de quarta-feira, movimento que poderia ser corrigido no dia seguinte, tal como veio a ocorrer, com ganhos nos três principais índices norte-americanos, sendo no entanto de realçar que Wall Street encerrou em trajectória descendente que teve início logo após a hora do almoço, levando mesmo o Russell 2000 das small caps a terminar com uma perda residual, diferença para as big caps que teve expressão evidente nos pesos pesados da tecnologia, Apple e Amazon, as mais valiosas de Wall Street terminaram a valorizar cerca de 2% sendo as principais responsáveis pelo optimismo vivido ontem, devido no primeiro caso a uma indicação de compra por parte da J.P. Morgan, devido à empresa estar a transformar o seu negócio para serviços a um ritmo superior ao esperado pelo mercado, enquanto que a maior retalhista do mundo beneficiou de um price target que lhe dá um potencial de subida de 30%.

Com mais algum tempo para digerir o resultado da reunião do FED, os investidores estiveram ontem bem mais unificados na sua análise, nomeadamente com optimismo pela confiança no estado da economia norte-americana referido pelos membros do FED, facto que ajustou o U.S dólar a valorizar 0.5% contra um cabaz de outras moedas principais, ou seja bem mais bullish que a performance de quarta-feira quando a moeda norte-americana terminou praticamente inalterada. Yen, Libra inglesa e Euro cederam -0.6%, -0.7% e -0.8% respectivamente, com a moeda única a recuar até aos $1.1651, enquanto que a lira turca voltou a recuperar algum terreno após uma subida de 1,7%. No campo da guerra comercial Trump voltou a palco para criticar o Canadá pela demora em chegar a acordo com vista a substituição do NAFTA, dizendo inclusive que recusou um pedido de reunião com o primeiro ministro canadiano, facto que já foi desmentido pelos assessores de Trudeau.

O gráfico de hoje é do USD/JPY, o time-frame é Diário

Este par de moedas encontra-se num canal ascendente em que as suas linhas poderão marcar zonas de resistência/suporte adicional quando atingidas

Marco Silva