Date: 06 Fev 2019

Com algumas das principais praças asiáticas fechadas devido a feriado, foi da Europa que surgiram os principais ventos de optimismo que fizeram navegar os Bulls na sessão de ontem, muito por causa dos bons resultados que saíram de algumas empresas como a BP, Pandora e Assa Abloy, com a petrolífera a dar um forte impulso ao sector do petróleo e do gás, com um peso especial no Footsie, o que aliado à desvalorização da Libra inglesa valeu à praça londrina a melhor performance do dia com um ganho de 2.04%, não obstante os dados pouco animadores relativos a Janeiro no sector dos serviços no Reino Unido, que reforçaram a percepção de um arrefecimento da economia local a menos de dois meses da data limite para o Brexit. Já o Dax30 avançou 1,71%, ainda assim cima dos 1,41% atingidos pelo abrangente Stoxx600, com uma melhoria da actividade no sector dos serviços na Alemanha pela primeira vez em 4 meses.

 

Em Wall Street de realçar o bom comportamento da Apple e da Microsoft que mais que anularam o pessimismo dos resultados da Google, conseguindo mesmo contagiar os títulos da gigante da publicidade para que invertessem o seu sentido um pouco antes da hora de almoço, terminando com um ganho ligeiramente superior a 1%, facto que possibilitou ao Nasdaq a maior subida do dia. Na vertente dos resultados destaque para os bons números da Estée Lauder e da Ralph Lauren, uma indicação de que o mercado de bens de luxo não foi afectado pelo arrefecimento da economia chinesa. Contudo há um dado importante a reter desta earnings season que vai a meio caminho, é que se os resultados relativos ao último trimestre de 2018 estão ligeiramente acima do previsto anteriormente, o certo é que é agora antecipada uma contracção de -0.8% nos lucros das empresas para este primeiro trimestre em curso, quando no início de Outubro do ano passado esse valor era de um crescimento de 6,7%.

 

Sem grandes novidades nas declarações de Trump no tradicional State of the Union, os investidores estarão mais susceptíveis às notícias económico-empresariais que vão sair.

 

O gráfico de hoje é do Bra50, o time-frame é Semanal

O índice brasileiro continua a trajectória ascendente dentro do canal de longo prazo, estando agora muito perto da sua linha superior

 

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma negociação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade dessas informações. Qualquer material fornecido, não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável do desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução. Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por conta própria e risco.