Análises de Mercado

Optimismo levanta moral dos Bulls e Wall Street agradece

Depois de uma semana de incerteza, com uma tendência descendente, mas sem a volatilidade extrema das cinco anteriores, os índices norte-americanos acordaram para este novo ciclo semanal com um optimismo renascido da esperança de que o pior pode já ter passado no que diz respeito à propagação da pandemia de COVID-19, pelo menos foi isso que se inferiu das palavras de Trump, quando referiu que a situação estaria a nivelar nas zonas mais afectadas. A juntar a isto, na Europa, o panorama continua muito complicado mas em Itália por exemplo, e não obstante números dantescos de infectados e óbitos, o ritmo de alastramento e de consequências aparenta para já estar a regredir, e eu digo aparenta porque a situação é demasiado fluída para se ter uma ideia fidedigna sem duas semanas de dados consistente no mesmo sentido.

Ao nível dos sectores do S&P500 os ganhos são transversais e com bastante relevância em quase todos, com excepção das retalhistas de produtos essenciais, que funcionaram como porto seguro durante a semana passada e por isso estão hoje mais fracas em relação ao restante mercado, onde os grupos das empresas ligadas aos materiais, financeiras, imobiliário e utilities amealham mais de 6% cada, enquanto que as energéticas valorizam quase 4% apesar da queda de -3,5% no preço do WTI crude para os $27.35 por barril, mas depois de três dias consecutivos a ganhar valor, após ter tocado nos $19,25 por barril em baixa e nos $29,10 na sexta-feira, portanto uma oscilação brutal em apenas três sessões

De realçar a subida de 1,4% no preço do Ouro para os $1,643 por onça, o valor mais alto das últimas quatro semanas, o que é curioso dado que o U.S dólar valoriza 0,1% contra um cabaz de outras moedas principais, o que pode indicar alguma procura por segurança, mesmo com o mercado claramente em alta, embora o Yen por exemplo não esteja a sofrer a mesma pressão comprada, visto que recua -0,5% para os 109.05, portanto um cenário misto no campo dos activos refúgio.

O gráfico de hoje é do WTI crude, o time-frame é Semanal

Depois de uma semana de recuperação, vai ser importante estar atento ao preço do crude, nomeadamente se irá tentar fechar o GAP aberto há quatro semanas, uma zona de especial fraqueza e resistência à recuperação.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registo dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.

Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.

Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco