Date: 27 Dez 2018

Não me refiro ao Inverno da conhecida série Game of Thrones, nem tão pouco à estação de Inverno que começou na Sexta-feira, mas curiosamente foi no mesmo dia que começou o “Inverno” dos Bulls, pelo menos no Nasdaq composite, isto porque pela primeira vez desde o início de Bull Market em 2009, o índice corrigiu mais de 20% desde os máximos alcançados, é esta a definição de um Bear Market, ou seja tecnicamente o controlo passou de mãos no índice tecnológico. E embora o S&P500 esteja a menos de 3% de atingir o mesmo registo não é de menor importância o facto de mais de metade do principal índice mundial estar em Bear Market, sendo que nas duas últimas recessões económicas e fortes correcções em Wall Street, quando este índice atingiu esse threshold já o movimento de queda era praticamente irreversível, resta saber se desta feita também assim será, incógnita que os próximos dois a três meses irão muito provavelmente clarificar.

Como foi habitual durante a semana, a sessão de sexta-feira começou com algum optimismo, neste caso devido a comentários mais dovish de um responsável da FED, contudo ainda antes da hora de almoço já os índices estavam no vermelho encetando um movimento de queda que variou entre os -1,88% do Dow Jones e os -2.99% do Nasdaq, já o Russell 2000 também não ficou incólume à tormenta e cedeu -2.25%, ou seja o vermelho foi transversal, tanto big caps como small caps participaram na pressão vendedora que não deixou sobreviventes no S&P500, com o tradicional sector refúgio das utilities a obter a “melhor” performance com uma perda de -0.71%.

No Forex o U.S dólar foi Rei e senhor ao avançar 0,6% contra um cabaz de outras moedas principais, não obstante as ordens à indústria norte-americana terem saído abaixo das previsões, reforçando a perspectiva de um arrefecimento da maior economia do mundo. O Euro foi quem mais cedeu terreno ao averbar uma perda de -0.8% para os $1.1358, enquanto que a Libra inglesa recuou -0.3%. Já o Yen ficou praticamente inalterado nos 111.33. Para esta semana é de esperar uma redução do volume e um aumento da volatilidade.

O gráfico de hoje é do S&P500, o time-frame é Semanal

Agora que foi quebrado o mínimo entre os dois máximos do Duplo Topo, essa zona (linha verde) tenderá a ser um local de resistência à subida

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma negociação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade dessas informações. Qualquer material fornecido, não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável do desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução. Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por conta própria e risco.