Análises de Mercado

Novo mês, tendência velha em Wall Street

Para não variar os investidores regressaram de férias com a mesma mentalidade com que deixaram o mercado há cerca de um mês, ou seja, para cima é que é caminho. Depois do melhor Agosto dos últimos 34 anos para o S&P500 e para o Dow Jones, com valorizações na ordem dos 7%, o facto das avaliações estarem na estratosfera não beliscou sequer a convicção dos Touros em pegar nos índices norte-americanos rumo a novos máximos, tendo hoje tido alguma ajuda do lado económico. Com efeito o facto do ISM que mede a actividade industrial ter subido pelo terceiro mês consecutivo, desta feita para os 56 e já bem dentro do território expansionista, ajudou a fomentar o optimismo dos investidores quanto a uma recuperação económica no importantíssimo último trimestre do ano.

 

Outro dado relevante prende-se com a possibilidade de ser alcançado um acordo no curto prazo, por parte do Congresso dos EUA, para mais um pacote de auxílio à maior economia do mundo, após o secretário de estado do tesouro, Steven Mnuchin’s, ter dito que estava esperançado num desfecho positivo até à próxima semana. Ao nível empresarial também houve um empurrão  ascendente, nomeadamente da rainha do mercado, a Apple, que valoriza mais de 2%, após o recente stock split e devido ao rumor sobre a encomenda, aos seus fornecedores, de 75 milhões de iPhones 5G para o final deste ano, dinamizando assim em especial o índice tecnológico NASDAQ que valoriza o dobro dos seus parceiros de Wall Street.

 

Nas matérias-primas o preço do petróleo WTI sobe cerca de 1%, quebrando a barreira dos $43 por barril, enquanto que o Ouro acompanha no sentido mas de forma mais modista, com um ganho de 0,3% para os $1,974 por onça, a beneficiar de mais um recuo do U.S dólar, que segue a ceder -0,2% contra um cabaz de outras moedas principais, permitindo ao EUR/USD negociar ligeiramente acima dos $1,15.

 

 

O gráfico de hoje é do S&P500, o time-frame é Mensal

O principal índice accionista está em zona de sobreaquecimento, no que ao stochastic diz respeito, um local que no passado recente provocou alguma consolidação.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.
Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.
Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.
Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco.