Análises de Mercado

Instabilidade e incerteza, as nuvens de Wall Street.

Depois de mais uma semana em que os principais índices norte-americanos registaram ganhos, os investidores entram para uma nova semana com um redobrado sentido de cautela, que no entanto pode não resultar em consolidação, dado que independentemente dos obstáculos que o mercado tem encontrado, todos têm sido pequenos para a pressão compradora provocada pela gigantesca e inédita onda de liquidez presente no sistema financeiro. Cautela que advém do Congresso dos EUA não ter chegado a acordo, até à passada sexta-feira, com vista a um novo pacote de auxílio à maior economia do mundo, com Republicanos e Democratas separados por uns astronómicos $2 biliões.

Para ultrapassar o vazio de suporte existente, dos $600 semanais que uma boa parte dos norte-americanos estava a receber até sexta-feira passada e que estavam a sustentar o consumo privado, Trump decidiu efectuar uma ordem executiva que irá substituir esse montante por um inferior, mas ainda assim importante. $400 semanais foi o valor escolhido pelo presidente dos EUA, com parte desse apoio a ser pago pelos Estados. Contudo essa medida não deverá ser pacífica e é expectável que tenha oposição política e legal, uma vez que cabe apenas ao Congresso o desenho do Orçamento Federal, mas ainda assim é uma forma do presidente norte-americano pressionar os Democratas de volta à mesa das negociações, ao mesmo tempo que tenta recolher dividendos políticos para as eleições que se avizinham.

Mas se a instabilidade política é um tema que poderá ser preocupante nas próximas semanas, a incerteza quanto ao caminho a seguir pelos investidores também não os deixa muito tranquilos, porque numa altura de tantas incógnitas quanto ao futuro económico mundial, como é que se investe num mercado em que quase tudo sobe, incluindo activos refúgio, e onde quase todos os activos estão substancialmente sobrevalorizados face a todas as médias temporais? Como investir no principal índice mundial depois deste ter valorizado 50% desde os mínimos de Março e como seleccionar posições entre os activos com maior probabilidade de crescimento, tendo em conta que esses setores no S&P500, da tecnologia e dos serviços de informação já valem 39% desse mesmo índice, com meia dúzia dos gigantes a serem responsáveis por mais de 20% dessa quota de mercado?

O gráfico de hoje é do S&P500, o time-frame é Semanal

Tempo de decisões neste activo? agora perto de novos máximos históricos irão os Touros aproveitaram a ausência de muitos investidores para puxar pelo S&P500 até território desconhecido?

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades (“AT”). As informações não contêm um registo dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.