Date: 22 Abr 2020

Depois de uma recuperação que puxou o S&P500 dos 2.181 pontos até aos 2.893, os investidores estão agora mais cautelosos quanto ao sentido a dar a Wall Street, a instabilidade que se verifica no preço do petróleo, a imprevisibilidade do impacto económico das medidas de contenção na economia, os próximos desenvolvimentos na frente do combate ao COVID-19 e a pouca visibilidade que a época de resultados está a providenciar para o curto-médio prazo, criaram uma zona de incerteza potenciada pela subida dos índices nas últimas quatro semanas.

Incerteza essa que subiu os múltiplos de mercado para uma zona de maior risco, porque uma coisa é investir com tantas incógnitas mas após uma queda de 30%, outra bem diferente é entrar ou reforçar posições depois de uma recuperação de 30%, que no entanto ainda deixou Wall Street quase a meio caminho de novos máximos históricos. No caso do petróleo e tal como referi numa análise recente, os problemas ainda não estão sanados porque não obstante o contrato em vigor ser de Junho o certo é que o espaço de armazenagem está cada vez mais reduzido, agora visível não apenas no WTI (EUA), mas igualmente no Brent (Europa), o que levou este último a tocar nos $15,86 por barril, atingindo minimos de 1999, quebrando o valor mais baixo de ontem e depois de ter fechado quarta-feira nos $19.59.

Do lado positivo o facto do Senado norte-americano ter aprovado mais um pacote de auxílio à maior economia mundial no montante de $484 mil milhões, o que elevará para $3 biliões o valor disponibilizado por parte do Governo, provavelmente ainda esta semana, depois de ser aprovado na Câmara dos Representantes e assinado por Trump. Hoje e após a queda de -3,07% no S&P500 de ontem os futuros indicam uma ligeira melhoria do sentimento, contudo é de realçar que o principal índice accionista encontra uma resistência técnica de curto prazo na média móvel dos 50 dias.

O gráfico de hoje é do S&P500, o time-frame é Diário

Depois de ontem ter encerrado abaixo da média móvel dos 50 dias (linha verde), será importante aferir como vai reagir o indice à tentativa de reconquistar esse nível.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registo dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.

Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.

Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco