Análises de Mercado

Guerra comercial provoca ziguezague em Wall Street

Se na sessão de terça-feira o sentimento dos investidores foi fortemente condicionado pelo pessimismo quanto a um acordo comercial, com Wall Street a desvalorizar em média na ordem dos -1,5% e com todos os sectores no vermelho, na quarta-feira o cenário foi em sentido inverso, embora não com a convicção do dia anterior. Com efeito, não obstante a possibilidade de se chegar a um entendimento parcial no curto prazo ter sido desmentida por Trump, referindo que só aceita um acordo completo, Wall Street agarrou-se à esperança das partes atingirem um entendimento, parcial ou não, visto que Pequim, indiciou disponibilidade para acertar já algumas agulhas e de acordo com o Financial Times estar disposta a aumentar o volume anual de compras de natureza agrícola, se os EUA reduzirem as tarifas.

Mas apesar do aparente optimismo vivido na quarta-feira, o certo é que o sentimento continua bastante instável e os índices norte-americanos acabaram mesmo por ceder algum algum terreno já perto do final do dia, com a notícia de que a delegação chinesa estava agora menos confiante em conseguir alcançar um acordo. Nos sectores do S&P500 os activos refúgio registaram o desempenho menos entusiasmante, o que é normal num dia positivo, e depois de na sessão anterior terem sido o grupo que menos perdeu valor. No mercado cambial o U.S dólar manteve-se estável, dando espaço ao Euro para valorizar até aos $1.0973, enquanto que o Yen sentiu os efeitos da menor procura por segurança, recuando -0,4% para os 107.47. De realçar o facto curioso da subida de 0,1% no valor do Ouro, para os $1,506 por onça, não acusando uma pressão vendedora semelhante à do Yen, devido à falta de compradores de activos refúgio.

O gráfico de hoje é do Ouro, o time-frame é Mensal

Tendo quebrado o canal ascendente a azul é importante para os Bulls do activo que um eventual teste à linha de quebra seja bem sucedido, o que abrirá espaço para uma subida até à zona dos $1,750 por onça.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.
Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.
Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.
Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco.