Date: 09 Abr 2020

O sentimento antes da abertura do mercado estava algo instável, entre o optimismo da sessão anterior e os dados dos subsídios de desemprego nos EUA, que saíram de novo acima dos 6 milhões, os investidores ficaram sem um patamar de entendimento quanto ao sentido a imprimir na sessão de hoje, isto claro, até ao FED entrar em cena, e que entrada. O maior banco central do mundo, que já tinha demonstrado que não está para brincadeiras, meteu ainda mais fichas no “all-in”, ao anunciar um programa de $2,3 triliões de apoio à economia, entrando por campos nunca antes percorridos.

Com efeito e para tentar limpar qualquer dúvida de que não faltará dinheiro, o FED irá suportar o mercado de empréstimos às micro, pequenas e médias empresas, bem como financiar municípios. Ora, esta atitude, até mais que os montantes foi como um manto de tranquilidade num sentimento que estava até à altura muito tremido, permitindo aos futuros de Wall Street ganhar estabilidade e tendência ascendente, o que se traduziu numa abertura em alta dos índices norte-americanos. Valorização que após uma lateralização até à hora de almoço aparenta agora estar com um pouco mais de ímpeto, contudo realçou que na análise técnica existe uma zona de resistência no S&P500, na área dos 2,850 pontos, que corresponde à média móvel dos 50 dias, veremos como se irá comportar o índice nesse teste.

No mercado cambial o U.S dólar está num dia de fraqueza e cede -0.8% contra um cabaz de outras moedas principais, abrindo espaço às moedas europeias para um ganho de 0.7% no Euro e na Libra inglesa para os $1.093 e $1.246, respectivamente. Muito curioso o facto de que os activos refúgio estarem a ser alvo de uma pressão compradora acima do normal, nomeadamente no mercado accionista, onde as utilities e imobiliárias valorizaram mais de 5%, enquanto que as retalhistas de produtos essenciais somam mais de 2%. No Forex o Yen avança 0,3% e nas matérias-primas o Ouro amealha cerca de $40 por onça, portanto o pleno de ganhos em todos os activos refúgio de eleição.

O gráfico de hoje é do S&P500, o time-frame é Diário

Como se pode verificar o índice accionista está perto de testar a média móvel dos 50 dias, com o indicador técnico stochastic em valores de sobre-comprado, o que reforça a possibilidade de uma zona de resistência.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registo dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.

Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.

Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco