Date: 13 Fev 2019

Com a earnins season a caminhar para o seu final e já sem grandes nomes para uma disrupção do mercado, os investidores têm estado nas últimas sessões sedentos de catalisadores para dar um rumo a Wall Street, pelo que foi ouro sobre azul as duas indicações que foram veiculadas ontem, sobre a possibilidade de se chegar a um acordo para evitar um novo shutdown nos EUA e para evitar a entrada de mais tarifas alfandegárias na guerra comercial que opõe os EUA e a China. Com efeito em poucas horas Trump afastou temporariamente os receios sobre mais problemas em manter o governo federal em funções, abrindo a porta à aprovação do pré acordo alcançado no Congresso para o Orçamento, embora não tenha gostado da proposta. Da mesma forma mostrou flexibilidade em estender o prazo para a entrada de mais tarifas alfandegárias nas importações da China, para além da data limite de 1 de Março, não obstante estar inclinado a não o permitir.

 

Os Bulls não deram qualquer margem de manobra aos Bears, pressionando desde à abertura os índices norte-americanos para ganhos relevantes, aumentando-os gradualmente e sem grandes percalços até ao final da sessão. Os grupos exportadores foram os mais beneficiados pelas notícias permitindo ao Dow Jones a melhor performance do dia com uma subida de 1,49%, seguido de perto pelo Nasdaq que adicionou 1,4%. A Amazon foi o principal motor de crescimento do optimismo com um ganho perto dos 3% a beneficiar de um corte de ligações entre a concorrente Walmart e o fornecedor de logística Devi, que lhe permite competir no mercado de entregas de produtos de mercearia no próprio dia.

 

Na Europa o dia também foi de ganhos embora não pronunciados, comportamento menos fulgurante justificado em parte pelo bom desempenho do Euro e da Libra inglesa que valorizaram 0.5% e 0.3%, no dia em que a primeira ministra do Reino Unido pediu mais tempo aos deputados para terminar as negociações com a União europeia, garantindo no entanto que o documento poderá ser votado no dia 26 de Fevereiro, cerca de um mês antes do prazo para o Brexit.

 

 

O gráfico de hoje é do Açúcar, o time-frame é Semanal

Hoje um exemplo típico de um padrão de bandeira, com uma forte subida (verde) a ser seguida de uma consolidação feita através de um canal descendente (azul), que a ser quebrado poderá dar aso a outra perna ascendente

 

Marco Silva

 

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma negociação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade dessas informações. Qualquer material fornecido, não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável do desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução. Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por conta própria e risco.