Date: 23 Ago 2017

Bastou uma referência à reforma do sistema fiscal norte-americano, neste caso por parte do U.S. House Speaker, para que a confiança sobre a implementação da politica económica pro-crescimento de Trump, tivesse regressado aos investidores e com isso levado a que Wall Street registasse uma sessão sempre em território positivo e com tendência ascendente, cabendo apenas ao sector do imobiliário o único ponto vermelho no S&P500. O influente Republicano, Paul Ryan referiu que a lei de reforma fiscal será mais fácil de ser aprovada, em contraste com o falhanço da lei da saúde, porque já estão construídos consensos dentro do partido Republicano, que recordo detêm a maioria nas duas câmaras do Congresso. Igualmente importante para o optimismo vivido ontem foi a declaração do líder da maioria do Senado, que não vê qualquer hipótese de não haver a aprovação do aumento do tecto de dívida já no próximo mês, um tema que tem sido recorrente todos os anos, mas que com excepção de um ou outro percalço, não motivou ainda qualquer ocorrência significativa, nomeadamente uma paralisação do governo federal ou um default da dívida.

A confiança alastrou-se às praças europeias, impulsionando o Stoxx 600 para um ganho +0.83%, em grande parte atingido após a abertura de Wall Street, já o alemão DAX quase que duplicou o avanço do índice europeu ao valorizar 1,4%. O U.S dólar também foi bafejado pela pressão compradora com os investidores a darem crédito a uma possível melhoria do crescimento económico e consequente subida dos juros, caso a reforma fiscal pró-negócio seja implementada. A moeda norte-americana valorizou 0,4% contra um cabaz de outras moedas principais, ficando nos $1.1751 contra o Euro e 109.58 contra o Yen. Sem grandes temas de noticia no campo económico, a sessão de hoje poderá ser condicionada por uma eventual continuação da conversa acerca do tema fiscal, por parte de membros do congresso ou mesmo de Trump. Será igualmente relevante aferir da reacção do mercado em relação à possibilidade dos EUA saírem do tratado NAFTA, tal como foi ontem sugerido pelo presidente norte-americano.
O gráfico de hoje é do DAX30, o time-frame é Semanal

O principal índice alemão está dentro de um canal ascendente (vermelho) que poderá formar igualmente um duplo topo de longo prazo, pelo que importa acompanhar o mesmo com atenção.

Marco Silva