Análises de Mercado

Economia e Brexit condicionam o sentimento dos mercados

Depois de uma sessão de terça-fera onde o optimismo dominou, devido aos bons resultados apresentados por algumas das maiores empresas do sector bancário norte-americano, ontem o cenário foi bem diferente, apesar do Bank of America ter continuado a dar boa conta do sector ao bater as perspectivas dos lucros, com mais receitas derivadas de consultoria e da expansão do crédito, o que valeu uma valorização de 1,48% aos títulos do gigante financeiro, bem melhor que as quedas verificadas nos principais índices, que variaram entre os -0.08% no Dow Jones e os -0.3% no Nasdaq.

Contudo, a economia norte-americana já não é o que era, pelo menos já não está tão robusta e estável como há um ano, e a contracção das vendas a retalho foram o último dos alertas vindos dos dados económicos que têm nos últimos meses, de forma avulsa é certo, dado algumas razões aos investidores para ter cautela na hora de dar mais um passo em direcção a novos máximos históricos, daí que não seja de estranhar a lateralização do S&P500 que teve inicio em Maio deste ano. Nos sectores do principal índice mundial apenas as energéticas registaram uma variação digna de destaque, com uma perda de -1.49%, curiosamente em contra ciclo com o desempenho do WTI crude, que valorizou 1% para os $53.32 por onça.

No mercado cambial e contrariamente ao verificado no dia anterior, ontem foi uma sessão deveras interessante, com o U.S dólar a ceder -0.2% contra um cabaz de outras moedas principais, o que ajudou o Euro a valorizar 0,4% para os $1.1075, contudo a estrela foi a Libra inglesa, com um ganho de 0,3% e com emoção no seu trajecto até aos $1.2826. Para os próximos dois dias é de esperar que a lateralização continue, até porque não se esperam grandes alterações ao panorama noticioso, tanto da época de resultados, como dos outros tópicos principais, como a guerra comercial.

O gráfico de hoje é do GBPUSD, o time-frame é Semanal

Hoje trago um exemplo de um padrão de duplo topo, com a divergência no stochastic (linhas laranja), que validou o sinal

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.
Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registro dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.
Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.
Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco.