Date: 05 Jul 2018

Tal como era expectável a sessão de ontem nos mercados financeiros passou sem grandes movimentos, com o feriado em Wall Street devido ao 4 de Julho a retirar a maior parte do interesse dos investidores em abrir ou fechar posições. Até porque a incerteza e ruído sobre a guerra comercial está para ficar e provavelmente agravar, não esquecendo também que amanhã há non-farm payrolls. O Stoxx600 fechou praticamente inalterado com um “ganho” residual de 0,04% enquanto que Footsie e Dax fecharam com perdas marginais de -0.27% e -0.26% respectivamente, numa sessão em que a tecnologia foi de novo o sector que mais contribuiu para a pressão vendedora, desta feita muito por culpa das quedas nos títulos da STMicroelectronics e Siltronic, depois da norte-americana Micron ter sido banida de vender os seus chips na China devido a um conflito de patentes.

No Forex o dia não foi muito diferente com o U.S dólar a ceder -0.1% ao passo que o Euro valorizou ligeiramente para os $1.1662, depois de ter estado a perder e na sequência de um relatório que deu conta da insatisfação de alguns membros do BCE sobre uma subida dos juros apenas no final de 2019. Já o Yuan continuou a recuperar e avançou 0,8% depois de ter atingido mínimos de 11 meses e após a intervenção do banco central chinês para suster a queda continua da moeda.

Para hoje o dia poderá ter mais volume mas os investidores deverão esperar por amanhã para intervir no mercado com maior acutilância.

O gráfico de hoje é do índice do USD/CNH, o time-frame é Semanal

Tal como alertei numa análise recente este par de moedas encontrou resistência na linha a verde (ponto A), tendo efectuado um retracement importante desde então.

Marco Silva