Date: 12 Fev 2020

Os índices norte-americanos abriram hoje com os Touros claramente no domínio das operações, de novo, e após uma sessão de terça-feira em que o registo final é enganador, uma vez que foi apenas uma notícia que descarrilou o optimismo, sobre possíveis novas investigações de “antitrust” às grandes empresas de tecnologia, como Microsoft, Google, Apple, Amazon e Facebook, por parte da Federal Trade Commission, que irá analisar várias dezenas de aquisições efectuadas no passado por estes gigantes que hoje detém uma capitalização bolsista na ordem dos $5 triliões. Mas isso foi ontem e será tema para ficar em banho-maria nos próximos tempos, ou seja sem impacto imediato no mercado.

Para já os investidores estão de novo concentrados em colocar o capital na mesa do risco, uma vez que o prémio de risco que estava associado às consequências da epidemia de coronavírus se reduziram acentuadamente nas últimas 48 horas, pois não obstante o número de vitimas mortais ter subido para mais de 1,100, a diminuição do ritmo de contagio e de fatalidades trouxe algum conforto ao mercado sobre a capacidade dos vários países afectados conseguirem lidar com a situação, nomeadamente a China, onde o Presidente Xi Jinping prometeu que a segunda maior economia do mundo irá atingir os seus objectivos de crescimento económico ao mesmo tempo que irá combater a epidemia.

De Washington a retórica também foi de conforto, com o Presidente da FED, Jerome Powell a indicar no seu testemunho bi-anual ao Congresso dos EUA que o banco central está confiante na robustez da economia norte-americana, mas atento aos desenvolvimentos na crise de saúde mundial, deixando antever a possibilidade de um regresso a uma mentalidade mais dovish, caso os dados económicos assim o aconselhem, exactamente o que o mercado queria ouvir.

O gráfico de hoje é da Burberry, o time-frame é diário

Os títulos da empresa de artigos de luxo têm sido dos que mais pressão negativa têm sentido derivado da epidemia do coronavírus, dada a importância que a China tem para as vendas de artigos de luxo a nível global.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registo dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.

Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.

Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco.