Análises de Mercado

A esperança de reabertura anima Wall Street

os brutais efeitos colaterais negativos das medidas de quarentena impostas, com o fim de conter a propagação da pandemia de COVID-19. Na Europa o abrandamento do número de óbitos em Itália, Espanha e França, reforçou a confiança de que o pior pode já ter sido ultrapassado e os anúncios efectuados por parte dos respectivos Governos, nomeadamente dos dois primeiros, no sentido de reabrir gradualmente a Economia possam ser sustentáveis.

Nos EUA o cenário é semelhante, com diversos Estados a levantarem a quarentena, permitindo que zonas de maior risco, como restauração e praias, tenham reaberto com algumas restrições, como foi o caso do Alaska e Califórnia, respectivamente. No campo dos resultados os próximos dias terão cerca de 150 empresas do S&P500 a reportar a sua performance, portanto um dilúvio de notícias, que contarão sobretudo pela componente de expectativas para o futuro, uma vez que as previsões para o primeiro trimestre apontam para uma queda de 15% nos lucros, comparativamente ao mesmo período do ano anterior, sendo que no sector eenrgético esse valor atinge os 68%.

Nas matérias-primas e depois de uma recuperação nos três dias anterior o crude perde hoje de novo, de forma acentuada, com o WTI crude a ceder 26% para os $12.50 por barril, devido principalmente ao facto de que os fundamentos para o crash da semana passada se manterem no contrato de Junho, pouca procura, excesso de produção e falta de espaço de armazenagem. No Forex, destaque para a queda de -0.4% no U.S dólar, o que está a permitir aos seus principais “concorrentes” ganhos que oscilam entre os 0.3% no Euro e os 0,5% na Libra Inglesa.

O gráfico de hoje é da WTI crude, o time-frame é Diário

O gráfico do crude aparenta estar a formar um padrão bearish, três barras verdes que não conseguem limpar a barra vermelha anterior, seguidas de uma barra vermelha que elimina os ganhos dos últimos três dias, com a possibilidade de ser registados novos mínimos no contrato de Junho.

Marco Silva

A informação fornecida não constitui pesquisa de investimento. O material não foi preparado de acordo com os requisitos legais destinados a promover a independência da pesquisa de investimento e, como tal, deve ser considerado uma comunicação de marketing.

Todas as informações foram preparadas pela ActivTrades PLC (“AT”). As informações não contêm um registo dos preços da AT, nem uma oferta ou solicitação de uma transação em qualquer instrumento financeiro. Nenhuma representação ou garantia é dada quanto à exatidão ou integridade desta informação.

Qualquer material fornecido não tem em conta o objetivo de investimento específico e a situação financeira de qualquer pessoa que possa recebê-lo. O desempenho passado não é um indicador confiável de desempenho futuro. AT fornece um serviço somente de execução.

Consequentemente, qualquer pessoa que atue na informação fornecida o faz por sua conta e risco